Sinal fechado

O motoqueiro encostou ao  meu lado no sinal fechado. Um celular tocou. Revirei a bolsa. Não era o meu. Ele retirou o aparelho do bolso da jaqueta e, instintivamente, o levou ao ouvido sem dar-se conta de que estava de capacete. Eu desatei a rir e ele também. O motorista ao lado não achou graça ocupado que estava com sua narina. Sinaleiro oferece cada experiência!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s