Inquilino Ilustre: O Pavão do Palácio

Durante muitas décadas o “Pavão do Palácio”, como era conhecido, reinou absoluto nos jardins do Palácio dos Despachos, antiga sede do Governo do Estado de Santa Catarina, atual Museu Cruz e Sousa.

Cena comum era encontrar crianças, velhos e adultos encostadas no gradil de ferro a observá-lo. Indiferente, ele exibia sua belíssima cauda colorida. As pessoas exultavam; a maior alegria, no entanto, acontecia mesmo é quando ele se empoleirava sobre as pilastras da murada que cerca o Palácio.  Quem se lembra?

Ao contrário do que dizem as más línguas, foi retirado do local pela inadequação daquele espaço, fruto da nova consciência sobre o trato dos animais. Não sei para onde foi transferido.

“Pavão do Palácio”  Foto: Acervo Foto B

Anúncios

2 comentários sobre “Inquilino Ilustre: O Pavão do Palácio

  1. Eu também, desde criança até adulta, não ia ao centro sem visitar o Pavão. Mas essa de que ele abria o leque quando era chamado de lindo, eu juro que não sabia! A prova de que eu gostava mesmo dele é que, esta foto, eu comprei para emoldurar e colocar na parede da minha casa.

  2. Márcio rodrigues

    Confesso que fui dos manés(não ilhéu) que parou para assistir ao show do pavão. Tinha horas em que ele não dava a menor para a platéia, Acreditava-se que elogiando ele acabava abrindo o leque. E nós, bobos, na grade, dizendo”que lindo, como ele é bonito…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s