Livros Perdidos e Achados: Deflagrada a Operação

Minha biblioteca é pequena, feita apenas de alguns livros canônicos e outros que precisam ou merecem repetidas releituras. O restante vem, alegra minha vida, e parte para novas aventuras porque, afinal, livro existe é pra ser lido.

Isso não significa menosprezo, ao contrário,  exatamente porque gostei do que li é que quero compartilhá-lo com outras pessoas. Então, saio pelas ruas com os livros numa sacola,  e vou  “esquecendo-os”  por aí…

Faço isso desde que ouvi falar de um projeto das Livrarias Catarinense que,  uma vez ao ano, “abandona” livros sobre os bancos das praças da cidade. Achei a ideia tão interessante que resolvi fazer o mesmo com os  livros  já  lidos da minha estante.

Sempre desejei fazer isso de maneira mais efetiva, mas acabava deixando para depois. Agora, motivada pelo lançamento do meu novo livro Cenas Urbanas e Outras Nem Tanto, resolvi  colocar a banda pra tocar.

Separei 60 exemplares para doação. Desses, 20 serão doados à escolas e bibliotecas de Florianópolis no próximo ano. Os restantes serão “perdidos” em minhas andanças, meus já conhecidos bordejos  semanais. Pretendo fazê-lo pelos quatro cantos da Ilha  e também no Continente.

Os livros receberão um selo que identifica a “Operação” e propõe que, após a leitura, eles sejam passados adiante. Ou não. Se a pessoa gostar muito pode ficar com o exemplar para si e, quem sabe?

Espero apenas que não acabem vendidos por trocados num sebo, como aconteceu com  inúmeros livros doados ao Programa Floripa Letrada, conforme presenciado por  amigos. Só eu doei 100  exemplares ao Programa.

A “Operação Livros Perdidos e Achados” foi deflagrada ontem à tarde, no Centro da Cidade. Um exemplar foi perdido dentro da Agência Central dos Correios, quando fui entregar os presentes da Campanha Cartas ao Papai Noel.  Outros dois foram deixados dentro do ônibus Amarelinho, um na ida, outro na volta!

Na agência, uma mulher olhava ao redor para certificar-se de que ninguém percebera meu “esquecimento”.  Tão logo me afastei, ela apressou-se em “achar” o livro. Infelizmente não pude ver sua expressão ao dar de cara com  a etiqueta. Mas vi a reação de um jovem, no ônibus.

Passando pelo corredor, ele viu o livro sobre o banco – eu estava mais atrás, num lugar estratégico – então voltou, pegou o exemplar sem a menor cerimônia e dirigiu-se ao fundo do veículo. Segundos depois eu ouvi: – Que legal! Acompanhado de um risinho. Quem ficou sorrindo fui eu.  Além de tudo é divertido!

* as ações  serão fotografadas e relatadas aqui.  Após a distribuição dos meus próprios livros, pretendo dar continuidade à operação distribuindo os livros dos amigos escritores e de todos aqueles que quiserem participar. Nesse caso, será cobrado o custo das etiquetas.

**Não serão aceitos livros de conteúdo racista, sexista, pornográfico ou violento. De igual modo para as orientações religiosas. Nada que possa degradar a pessoa humana.

Anúncios
This entry was posted in Uncategorized and tagged by Norma Bruno. Bookmark the permalink.

About Norma Bruno

Vivo na Ilha de Santa Catarina desde que nasci. Sou de aquário, portanto já nasci aluada, mas contraditoriamente, não me dou bem com tecnologia e gosto mesmo é de coisa velha. Fiz muitas coisas, deixei para trás outras tantas, tenho muito por fazer. Coleciono cenas urbanas, rendas de bilro e revistas antigas. Escritora amadora em todos os sentidos, invento coisas, conto histórias. Livros publicados: - Prosa, quase Poesia - ou vice-verso - Tempo Editorial. 2015 - Cenas Urbanas e Outras Nem Tanto. Bernúncia Editora. 2012 - A Minha Aldeia Editora Papa-Livros. 2004. - Leia Crônicas da Desterro no site www.carosouvintes.org.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s