Casas Esquecidas

Localizada à rua Anita Garibaldi, a casinha é a imagem acabada do abandono.
Localizada à rua Anita Garibaldi, a casinha é a imagem acabada do abandono.

Roney Prazeres

Já não olho para a casa antiga que fica na minha rua. Não posso olhar, não consigo! Ela é apenas a lembrança do que já foi. Suas frágeis paredes quase não suportam o peso do tempo. Sua pintura é confusa, pois mistura cores de várias eras. Suas janelas, agora sempre abertas, não guardam mais os segredos de quem ali viveu, devassam toda a privacidade para um mundo que nada respeita. Suas portas vivem abertas, não para amigos ou festas, mas para tudo o que é destruição. Nas paredes internas, não mais os quadros e as fotos de família, não mais as lembranças. Na sala não mais jantares e risos, apenas as sujeiras de alguém que por ali passou na noite anterior. Na cozinha o velho fogão à lenha nada prepara, nenhum tempero, nenhum som de panelas. Nos quartos restam móveis caídos e na cama em pedaços já não se fala de amor. No quintal já não se ouve os sons da infância e já não se sente no ar os cheiros do jardim. A casa é o retrato do abandono. Ninguém a quer. Dela já não se sabe sequer o dono. Todos olham para ela com tristeza, pois para a casa não há futuro. Ela é a tradução perfeita do que é descaso, ela é a triste fotografia de nosso tempo.

Na Frontada, a inscrição: 1906.
Na Frontada, a inscrição: 1906.

P.S: O presente artigo do meu amigo Roney Prazeres sobre o abandono do nosso rico patrimônio, diz o que eu penso e o que gostaria de ter escrito e me fez lembrar o projeto “Casas Adormecidas” de Portugal. Uma boa idéia que merece ser replicada:

Casas Adormecidas

Um pouco por todo o país existem casas que parecem dormir. Estão apenas à espera que alguém se apaixone por elas, as recupere e desperte para uma nova vida.
São muitas as aldeias, do Minho ao Algarve, cheias de casas antigas, tantas vezes degradadas e abandonadas. De pedra, taipa ou adobe, estas são casas adormecidas, mas que a qualquer momento podem despertar.

EcoCasa Portuguesa
http://www.facebook.com/ecocasaportuguesa

Anúncios

6 comentários sobre “Casas Esquecidas

  1. Roney Prazeres

    Norma, obrigado pela divulgação do meu singelo, mas sincero, texto. Obrigado também pela dica do Eco Casa Portuguesa, já me tornei um seguidor! Abraço. Saúde e paz, sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s