Velhas Árvores

Arvorezinha Fazenda

Dai-me, Senhor, a sabedoria das Velhas Árvores.

Dai-me a quietude,

A generosidade.

Dai-me o desprendimento,

E a Beleza também.

 

Do livro Prosa Quase Poesia ou vice-verso. Tempo Editoral. 2015.

Foto da autora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s