O que Dizem as Paredes: Os Muros

Atrás daquele muro

algo se esconde.

Um indefinível ser

ou apenas um pensamento?

Ou em devaneio

suponho haver algo

por trás daquele muro?

Meu devaneio,

não confundo com um sonho

em que talvez discernisse

existir um vulto,

haver um ser,

detrás daquele muro.

E, se meu devaneio

flutuar preso a um pensamento,

não sairei do enigma

senão quando descobrir

seu conteúdo. Ou deverei,

Antes de tudo,

compreender

o que é aquele muro?

 Hoyêdo de Gouvêa Lins

Vigília Poética

DSC04880

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s