Sobre o Direito ao Sossego, ao Vazio e ao Silêncio

Um sábado desses, só que ensolarado, na ruazinha que fica perto da minha rua, encontrei o fotógrafo Rudi Bodanese, meu vizinho de cima, que, àquela hora levava sua pinscher, Tiquinha, para passear. – Bom dia! – Bom dia! Aí, levando a fera pra dar uma voltinha? Eu e aquela perguntinha infame. Ele, profundo: – Aproveitando a hora calma do dia. Não tem barulho! Depois fica impossível! Eu concordei, trocamos mais algumas palavras e fomos cada um pro seu lado.

Não saí imune. Também sinto um enorme desconforto com os rumos e os ruídos da nossa cidade. E do mundo. E da vida. Diz o Rudi que, não sei quando, fez um curso de Filosofia onde se discutiu exatamente esse tema, o Silêncio, e que a professora teria dito que todos nós gostamos de usufruir dessa harmonia, dessa sensação agradável proporcionada pelo silêncio, mas que é “na aspereza do convívio que a evolução se faz”.  Tudo bem. Já vivi o suficiente para essa compreensão. O problema está em que o mundo anda pleno de asperezas e carente do contraponto: o sossego, o vazio, o silêncio . Coisas desse mundo empanturrado de gente. E de brutalidade.

Foto: Fátima Barreto

Foto: Fátima Barreto

Anúncios
This entry was posted in Uncategorized and tagged , by Norma Bruno. Bookmark the permalink.

About Norma Bruno

Vivo na Ilha de Santa Catarina desde que nasci. Sou de aquário, portanto já nasci aluada, mas contraditoriamente, não me dou bem com tecnologia e gosto mesmo é de coisa velha. Fiz muitas coisas, deixei para trás outras tantas, tenho muito por fazer. Coleciono cenas urbanas, rendas de bilro e revistas antigas. Escritora amadora em todos os sentidos, invento coisas, conto histórias. Livros publicados: - Prosa, quase Poesia - ou vice-verso - Tempo Editorial. 2015 - Cenas Urbanas e Outras Nem Tanto. Bernúncia Editora. 2012 - A Minha Aldeia Editora Papa-Livros. 2004. - Leia Crônicas da Desterro no site www.carosouvintes.org.br

2 thoughts on “Sobre o Direito ao Sossego, ao Vazio e ao Silêncio

  1. Não posso reclamar… a não ser pelos Quero-Queros que vez por outra “endoidam” e iniciam uma gritaria,,,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s