Meu Filho Virou Pai

JP e JA em parceria.
JP e JA em parceria.

Olho meu neto e vejo meu filho quando tinha sua idade. É “cara dum, focinho do outro”, como se diz. Meu menino virou pai. E, para nossa alegria, tem se saído muito bem no papel. Sua performance vai muito além de trocar fraldas, dar mamadeira ou dar banho, essas coisas. Ele é presente, é responsável, é amoroso.  Pai e filho se adoram, são parceiros, adoram esporte – sim, esse toco de gente é todo performático já aos dois anos. Dia desses liga o pai e diz que o filho “ralou-se todo” porque caiu do patinete sem rodinha, pode isso?  -. A foto foi tirada durante um passeio num hotel fazenda, no momento exato em que a criatura ficou parada, pois cadê paciência pra esperar o peixe fisgar a isca? Resumo do dia: Peixe que é bom nada. Nada no açude.

Parabéns, meu filho, pelo teu dia!

Anúncios

2 comentários sobre “Meu Filho Virou Pai

  1. João Paulo

    Obrigado, mãe! Não sei se estou me saindo bem, mas, sem dúvida, quero melhorar muito ainda. Sempre tive os melhores exemplos em casa, o que facilita demais a minha atual tarefa de ser pai. Beijos.

    1. Ô filho! Agora tu pegaste pesado! Apesar das boas intenções nem tudo saiu exatamente como a gente queria, mas podes estar certo: foste e és muito amado por todos nós. Quanto ao resto, vai dar tudo certo. Te amo muito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s