Quero a Boca Assim e o Olho Assado, Doutor!

Antes da cirurgia ela abasteceu a geladeira, pagou antecipadamente todas as contas, tentou prever todas as necessidades da casa. Tudo para não precisar botar o pé na rua até  a cicatrização da papada,  o desinchume da boca e o sumiço do arroxeado dos olhos. Sair de casa só para o inevitável  e indispensável retorno médico.

Mas, sabe aquela pessoa que está sempre arrumada, bem penteada, sempre cheirosa, e num determinado dia, um único e fatídico dia em que ela está com quatro dedos de cabelo sem tinta ou com o esmalte lascado,  aquele dia em que a pessoa enche a cara de alface e depois descobre que deixou o fio dental na outra bolsa, sabe aquela manhã em que a mulher acorda se achando magra e tem a infeliz ideia de sair de vestido curto e não percebe que a meia está com o fio corrido, sabe quando a pessoa resolve espremer aquela espinha interna que brotou no meio da testa um dia antes da festa, aquele único e amaldiçoado dia em que algo assim acontece e a pessoa vira uma esquina e dá de cara com o ex ou com uma amiga falsa? Então.

Vamos ser sinceros: amiga falsa é pior do que inimiga; pior que ex também. Porque esses a gente disfarça, mexe no celular, vira a cara, faz de conta que não viu. Amiga falsa não dá. A gente faz que não vê; ela chama o nome da gente. A pessoa faz que não ouve; ela chama mais alto. Pois foi ela sair do consultório e dar de cara com uma dessas na porta do elevador:

  Fizesse plástica!!!!

Ela respirou fundo e fez que não.

A Outra: – Já sei! Fosse atropelada!

Ela disse não.

-Apanhasse da polícia!

Ela: – Que nada, guria! Sexo selvagem! Namorado novo, sabe como é.

A Outra se roendo de ódio, respondeu:

– Nossa, mas que estrago, hein? 

– Isso é porque tu não visse a cara dele como ficou!

Antes de entrar no carro ela ainda gritou:

– Aparece lá em casa!

Cirurgia Plástica 001

Imagem: Beleza: Débito ou Crédito? Colagem da autora.

Texto: Colaboração do Dr. L.C.J

Anúncios
This entry was posted in Uncategorized and tagged , , by Norma Bruno. Bookmark the permalink.

About Norma Bruno

Vivo na Ilha de Santa Catarina desde que nasci. Sou de aquário, portanto já nasci aluada, mas contraditoriamente, não me dou bem com tecnologia e gosto mesmo é de coisa velha. Fiz muitas coisas, deixei para trás outras tantas, tenho muito por fazer. Coleciono cenas urbanas, rendas de bilro e revistas antigas. Escritora amadora em todos os sentidos, invento coisas, conto histórias. Livros publicados: - Prosa, quase Poesia - ou vice-verso - Tempo Editorial. 2015 - Cenas Urbanas e Outras Nem Tanto. Bernúncia Editora. 2012 - A Minha Aldeia Editora Papa-Livros. 2004. - Leia Crônicas da Desterro no site www.carosouvintes.org.br

2 thoughts on “Quero a Boca Assim e o Olho Assado, Doutor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s