Ponto de Fuga

Foge pela fresta que te resta

E faz do teu norte o vento mais forte.

 

Não temas a força do vento.

Melhor temer o teu próprio medo.

Impõe o desejo ao pensamento. Não pensa.

Apenas abre tuas asas e voa.

plano-de-fuga

Do livro Prosa Quase Poesia e vice-verso. Tempo Editorial. 2015

Imagem capturada no perfil de Kovács Jocó no Facebook. Autor desconhecido.